Estratégia Costeira

As regiões costeiras do Alto Minho e Baixo Mondego assumem uma relação convergente no que diz respeito aos elos específicos das fileiras do mar, apresentando condições comuns para a potenciação das atividades da economia do mar.

A estratégia costeira pretende promover a competitividade das principais cadeias de valor que utilizam o mar e os seus recursos, como forma de potenciar a geração de valor e emprego qualificado, a inovação no setor e a sua valorização através do incremento da cooperação e incorporação das novas capacidades e competências.

Para a definição da estratégia costeira realizaram-se dois estudos, com informação de caráter operacional e estratégico importante no contexto de inovação e cooperação da economia do mar.

Estratégia Costeira

Levantamento da capacidade de oferta instalada das atividades da economia do mar

Levantamento da capacidade de oferta instalada das atividades da economia do mar, onde serão inventariadas e caracterizadas as atividades dos setores relacionados com a respetiva economia nas regiões costeiras do Alto Minho e Baixo Mondego, tais como empresas, setor, competências, recursos, incorporação tecnológica, vocação exportadora, entre outras.

O objetivo será avaliar o potencial da oferta e concentração das medidas mais estruturantes para o seu desenvolvimento coletivo.

Ver Estudo [ versão final ]

Plano de ação para a economia do mar

Realização de um estudo estratégico para a economia do mar nas regiões costeiras do Alto Minho e Baixo Mondego com o propósito de definir os princípios orientadores da intervenção, providenciando uma visão para as mudanças estruturais e tecnológicas que são necessárias implementar para incrementar e valorizar as atividades da cadeia de valor do mar.

O processo de Consulta Pública do Plano de Ação do Projeto INOVSEA terminou, tendo recebido cerca de duas dezenas de contributos. O documento final será disponibilizado a 17 de setembro.

Agradecemos a participação de todos e recordamos que, a partir de outubro de 2021, terão início as Jornadas de Inovação e Transferência de Conhecimento, para as quais convidamos, desde já, todas as empresas e entidades da Economia do Mar.

Ver Estudo